Publicações e Notícias

13 CANDIDATOS DISPUTAM À PREFEITURA DE PORTO ALEGRE NAS ELEIÇÕES DE 2020

Destaques, Publicações,

Publicado em: 15 de setembro de 2020

As convenções partidárias para definir candidaturas à prefeitura de Porto Alegre deverão ser realizadas até quarta-feira (16/09). Em razão da pandemia do coronavírus, grande parte dos partidos realizou as convenções para escolha de candidatos aos escrutínios por meio de plataformas digitais de transmissão, para evitar aglomeração que possam proliferar o coronavírus, medida autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com a finalidade de garantir maior segurança às reuniões.

Além disso, a partir deste pleito, não será permitida a realização de coligações partidárias para eleições proporcionais para vereadores, conforme estabelecido pela Emenda Constitucional n° 97, de 2017, bem como estabelece acesso aos recursos do fundo partidário e à propaganda gratuita em rádio e televisão.

As eleições municipais de 2020 estão marcadas para 15 de novembro e nos municípios onde ocorrer segundo turno, a votação ocorrerá em 29 de novembro. O horário de votação foi ampliado, das 7h às 17h, com a finalidade de evitar aglomerações.

A data-limite para o registro das candidaturas é 26 de setembro, após essa etapa os postulantes às prefeituras serão considerados oficialmente candidatos. Desse modo, as candidaturas só podem ser anunciadas oficialmente a partir do registro oficial no Tribunal Superior Eleitoral.

O primeiro a registrar os nomes foi o PROS que concorre sem coligação. O PSOL também efetivou o registro das candidaturas à prefeita e vice-prefeito nesta segunda-feira (14). Para o cargo de vereador, os primeiros nomes registrados foram dos seguintes partidos PROS, NOVO e UP.

Candidaturas definidas pelas Convenções Partidárias

Fernanda Melchiona (PSOL) – Coligação PCB e UP

Formada em biblioteconomia, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Foi Vereadora de Porto Alegre de 2009 a 2019 e atualmente é Deputada Federal, sendo que em fevereiro de 2020 foi escolhido como líder da bancada do PSOL na Câmara dos Deputados, cargo que deixou em agosto para dedicar-se à sua pré-candidatura a prefeita de Porto Alegre, em seu lugar assumiu a Deputado Federal Sâmia Bomfim (PSOL/SP).

A oficialização ocorreu em 10 de setembro, sendo indicado como vice-prefeito Marcio Chagas da Silva (PSOL).

Gustavo Paim (PP) – Coligação AVANTE

Formado em direito, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), concluído mestrado na PUCRS, e realizada especialização e doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com formações voltadas para o Direito Eleitoral. Desde 2008 é professor universitário e a 16 anos atuou com advogado em campanhas eleitorais. Atualmente, é vice-prefeito do atual prefeito e pré-candidato Nelson Marchezan Júnior pelo PSDB.

A oficialização ocorreu em 12 de setembro, sendo indicada como vice-prefeita Carmen Beatriz Silva dos Santos (AVANTE).

João Derly (REPUBLICANOS) – Sem coligação

Ex-judoca brasileiro, foi Vereador de Porto Alegre de 2013 a 2014 pelo PCdoB. Em 2014 foi eleito a Deputado Federal e em setembro de 2015, desfiliou-se do PCdoB e filiou-se no partido Rede Sustentabilidade. Em 2018 disputou a reeleição, mas não foi eleito. Em dezembro de 2018 trocou de partido, filiando-se ao Republicanos. Em 2019, foi nomeado pelo Governador Eduardo Leite como secretário do Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, cargo que deixou em junho de 2020.

A oficialização ocorreu em 12 de setembro, sendo indicado como vice-prefeito Fernando Edison Domingues Soares (REPUBLICANOS).

José Fortunati (PTB) – Coligações PATRIOTA, PODEMOS e PSC

Formado em matemática, administração pública, administração de empresas e direito, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Fortunati foi deputado estadual pelo PT (1987-1990), sendo eleito em 1990 como deputado federal e reeleito em 1994. Em 1997 foi vice-prefeito e secretário de governo. Em 200 foi eleito a vereador de Porto Alegre, concorrendo pelo PT, assumindo a presidência da Câmara de Vereadores. Em 2008 concorreu juntamente com José Fogaça, sendo eleito a vice-prefeito de Porto Alegre. Em 30/03/2020, com a renúncia de José Fogaça para concorrer ao governo de estado, Fortunatti, assumiu a prefeitura até o final do mandato, em 31/12/2012. Em 2012 foi reeleito a prefeito de Porto Alegre. Em março de 2020 filiou-se ao PTB.

A oficialização ocorreu em 12 de setembro, sendo indicado como vice-prefeito André Cecchini (PATRIOTA).

Juliana Brizola (PDT) – Coligação PSB e REDE

Formada em direito, pela Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, com especialização e mestrado em Ciências Criminais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Em 2008 elegeu-se a Vereadora de Porto Alegre. Em 2010 elegeu-se a Deputada Estadual e em 2018 foi reeleita ao cargo de Deputada Estadual.

A oficialização ocorreu em 12 de setembro, sendo indicada como vice-prefeita Maria Luiza Oliveira Loose (PSB).

Manuela D’Ávila (PCdoB) – Coligação PT

Formada em jornalismo, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Em 2004 foi eleita a Vereadora de Porto Alegre. Em 2006 foi eleita a Deputada Federal pelo PCdoB. Em 2010 foi reeleita a Deputada Federal. Em 2012 concorreu ao cargo de prefeita de porto alegre, mas acabou perdendo para José Fortunati. Em 2014 foi eleita ao cargo de Deputada Estadual. Em 2018 concorreu ao cargo da presidência da república, sendo derrotada pelo atual Presidente Jair Bolsonaro.

A oficialização ocorreu em 12 de setembro, sendo indicado como vice-prefeito Miguel Soldattelli Rossetto (PT).

Montserrat Martins (PV) – Sem coligação

Formado em medicina, pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), também com graduação em ciências jurídicas e sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Comunicação Social e Jornalismo pela (UFRGS). É advogado e escritor, no ano de 2010 concorreu ao governo do estado, mas não foi eleito.

A oficialização ocorreu em 31 de agosto, sem indicada como vice-prefeita Alda Miller (PV).

Rodrigo Maroni (PROS) – Sem Coligação

Em 2015 Maroni assumiu seu primeiro cargo eletivo como Vereador de Porto Alegre, após João Derly ser eleito a deputado federal e deixar sua cadeira vaga na Câmara de Vereadores. Em 2016 foi eleito ao cargo de vereador de Porto Alegre. Em 2018 foi eleito ao cargo de Deputado Estadual pelo partido PODE. Em setembro de 2019 deixou o PODE e filiou-se ao PROS, mantendo a pré-candidatura à prefeitura.

A oficialização ocorreu em 31 de agosto, sendo indicado como vice-prefeito Edelberto Machado Mendonça Neto (PROS).

Valter Nagelstein (PSD) – Sem Coligação

Formado em direito, entre os anos de 2010 a 2012 ocupou o cargo de Secretário Municipal da Produção, Industria e Comércio e de 2015 a 2016 foi Secretário Municipal de Urbanismo. Além disso, no ano de 2016 foi eleito para o seu terceiro mandato consecutivo de Vereador de Porto Alegre, sendo que em 2018 presidiu a Câmara Municipal de Porto Alegre. Em 2020 filiou-se ao PSD, assumindo também o cargo de presidente da sigla em Porto Alegre.

A oficialização ocorreu em 12 de setembro, sendo indicado como vice-prefeito João Carlos da Luz Diogo (PSD).

Julio Flores (PSTU) – Sem Coligação

Natural de São Borja, mudou-se para a Capital para estudar Ciência e Matemática na PUCRS. Desde 2000, trabalha como professor das redes estadual e municipal de Porto Alegre. Candidatou-se as vagas de vereador, deputado estadual, senador e governador, porém não foi eleito para nenhum dos cargos.

A oficialização ocorreu em 14 de setembro, sendo indicada como vice-prefeita Vera Rosane (PSTU).

Sebastião Melo (MDB) – Coligação DEM, SOLIDARIEDADE, CIDADANIA, DEMOCRACIA CRISTÃ, PRTB e PTC

Formado em direito. Tornou-se Vereador de Porto Alegre em 2000, sendo reeleito em 2004 e 2008, sendo que presidiu a Câmara de Vereadores durante os anos de 2008 e 2009. Em 2012 concorreu o cargo de vice-prefeito do candidato José Fortunati, sendo eleito e empossado em 1° de janeiro de 2013. Em 2016 concorreu ao cargo de prefeito de Porto Alegre, sendo o segundo mais votado, atrás do atual prefeito Nelson Marchezan Júnior. Em 2018 foi eleito a deputado estadual.

A oficialização ocorreu em 14 de setembro, sendo indicado como vice-prefeito Ricardo Gomes (DEM).

Nelson Marchezan Júnior (PSDB) – Coligação PSL e PL

Formado em direito, pela Universidade do Vale do Rio do Sinos. Em 2006 foi eleito a deputado estadual e exerceu o mandato entre 2007 a 2011 pelo PSDB. Em 2010 foi eleito a deputado federal. Em 2016 foi eleito em segundo turno ao cargo de prefeito de Porto Alegre. Em 2020 Nelson Marchezan pleiteia a reeleição ao cargo de prefeito de Porto Alegre.

A oficialização ocorreu em 15 de setembro, sendo indicado como vice-prefeito Gustavo Tanger Jardim (PSL).

Luiz Delvair Martins Barros (PCO) – Sem coligação

Servidor concursado dos Correios desde 2001. Foi candidato a vice-governador em 2006 e também a vereador de Porto Alegre em 2016,  mas não foi eleito para nenhum dos cargos a que concorreu.

A oficialização ocorreu em 13 de setembro, sendo indicada como vice-prefeita Delaine Kalikosky de Oliveira.

Permanecemos à disposição para demais esclarecimentos que se fizerem necessários.

AGF Advice Consultoria Legislativa, Tributária e Empresarial

Compartilhe: